Pesquisa personalizada

terça-feira, 12 de julho de 2011

EBD - LIÇÃO 3 - A VIDA DO NOVO CONVERTIDO (Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva)


 
TEXTO ÁUREO
"Assim que, se alguém está em CRISTO, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo" (2 Co 5.17).
 
 
VERDADE PRÁTICA
Mediante o novo nascimento, mantemos plena comunhão com DEUS, reconhecendo o seu senhorio em todas as esferas de nossa vida
 
 
LEITURA DIÁRIA
Segunda - At 2.37,38,41 O arrependimento na vida do homem
Terça-2 Co 5.17 A nova criatura em CRISTO
Quarta - Fp 3.13,14 Deixando o passado e prosseguindo para o futuro
Quinta-Hb 12.2 Olhando para CRISTO
Sexta - Rm 6.4; 1 Jo 5.12 A nova vida em JESUS
Sábado - At 1.8 Testemunhando de CRISTO ao mundo todo
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - 2 Coríntios 5.17; Tito 2.11-13; 3.3-8
Coríntios 5
17 - Assim que, se alguém está em CRISTO, nova criatura é: as coisas velhas já passaram: eis que tudo se fez novo.
Tito 2
11 - Porque a graça de DEUS se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, 12 - ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, justa e piamente, 13 - aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande DEUS e nosso Senhor JESUS CRISTO,
Tito 3
3- Porque também nós éramos, noutro tempo, insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias concupiscências e deleites, vivendo em malícia e inveja, odiosos, odiando-nos uns aos outros. 4- Mas, quando apareceu a benignidade e o amor de DEUS, nosso Salvador, para com os homens, 5 - não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas, segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do ESPÍRITO SANTO, 6- que abundantemente ele derramou sobre nós por JESUS CRISTO, nosso Salvador, 7para que. sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros, segundo a esperança da vida eterna. 8- Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em DEUS procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.
 
 
 
JESUS instrui Nicodemos acerca do novo nascimento - João 31 E havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, príncipe dos judeus.2 Este foi ter de noite com JESUS e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és mestre vindo de DEUS, porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se DEUS não for com ele. 3 JESUS respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de DEUS. 4 Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura, pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer? 5 JESUS respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do ESPÍRITO não pode entrar no Reino de DEUS. 6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do ESPÍRITO é espírito. 7 Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo. 8 O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do ESPÍRITO. 9 Nicodemos respondeu e disse-lhe: Como pode ser isso? 10 JESUS respondeu e disse-lhe: Tu és mestre de Israel e não sabes isso? 11 Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos e testificamos o que vimos, e não aceitais o nosso testemunho. 12 Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais? 13 Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do Homem, que está no céu.
 

Nicodemos (Vitorioso Sobre O Povo? Sangue Inocente?) FARISEU, membro do SINÉDRIO, que procurou Jesus à noite e, depois, o defendeu diante do Sinédrio (Jo 3; 7.32-52). Ele contribuiu com as ESPECIARIAS para o embalsamamento do corpo de Jesus (Jo 19.39-42). (Ilúmina Bíblia em CD)
NOVO NASCIMENTO. Mudança operada pelo Espírito Santo no coração de uma pessoa que, levada à fé salvadora, abandona o pecado e passa a viver uma nova vida voltada para Deus e para o próximo (Jo 3.3-7; 1Jo 2.29; 3.9; 4.7; 5.1,4,18). V. CONVERSÃO. (Ilúmina Bíblia em CD)
CONVERSÃO Mudança de vida operada por Deus (At 15.3). Essa mudança tem dois aspectos. O primeiro, relacionado com o pecado, chama-se ARREPENDIMENTO. O segundo, relacionado com Cristo, é a FÉ.
 
O VENTO... DO ESPÍRITO. Assim como o vento, embora invisível, é identificado por sua atividade e pelo seu sonido, assim também o ESPÍRITO
SANTO é observado pela sua atividade sobre os nascidos de novo e pelo seu efeito sobre eles.
 
2 Co 5.17 NOVA CRIATURA É.
Mediante a palavra criativa de DEUS (4.6), os que aceitam JESUS CRISTO pela fé, são feitos novas criaturas, pertencendo totalmente a DEUS e constituindo o seu povo, onde impera o ESPÍRITO SANTO (Rm 8.14; Gl 5.25; Ef 2.10). O crente é uma nova criatura (Gl 6.15; Ef 2.10; 4.24; Cl 3.10), renovada segundo a imagem de DEUS (4.16; 1 Co 15.49; Ef 4.24; Cl 3.10), que compartilha da sua glória (3.18), que experimenta a renovação do conhecimento (Cl 3.10) e do entendimento (Rm 12.2), e que vive em santidade (Ef 4.24).
 
Tito 2.11 A GRAÇA DE DEUS. Os versículos 11-14 descrevem a natureza e o propósito da graça salvífica de DEUS. Segundo Paulo, a graça salvífica
(1) ensina o crente a rejeitar decididamente as paixões ímpias, prazeres e valores desta era, e considerando-os abomináveis (v. 12; cf. Rm 1.18-32; 2 Tm 2.22; 1 Jo 2.15-17); e (2) dirige e capacita o crente a viver "justa e piamente", enquanto espera ansiosamente pela bem-aventurada esperança e pelo aparecimento de JESUS CRISTO (v. 13; Gl 5.5; Cl 1.5; 2 Tm 4.8).
2.13 A BEM-AVENTURADA ESPERANÇA. A "bem-aventurada esperança" pela qual todo cristão deve ansiar é o "aparecimento da glória do grande DEUS e nosso Senhor JESUS CRISTO" e a nossa união com Ele por toda a eternidade (ver Jo 14.3). Essa esperança pode ser concretizada a qualquer momento (cf. Mt 24.42; Lc 12.36-40; Tg 5.7-9). Assim sendo, os cristãos nunca devem abrir mão da sua expectativa mantida em oração de que talvez ainda hoje a trombeta soará e o Senhor voltará
 
Tito 3.5 não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas, segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do ESPÍRITO
SANTO,
3.5 A LAVAGEM DA REGENERAÇÃO. Isto se refere ao novo nascimento do crente, visto simbolicamente no batismo cristão (ver o estudo A REGENERAÇÃO). A "renovação do ESPÍRITO SANTO" refere-se à outorga constante da vida divina aos crentes à medida que se submetem a DEUS (cf. Rm 12.2)
3.6 ABUNDANTEMENTE ELE DERRAMOU SOBRE NÓS. A referência de Paulo neste versículo à obra do ESPÍRITO SANTO relembra o seu derramamento no dia do Pentecoste, e a partir daí (cf. At 2.33; 11.15), DEUS provê um suprimento abundante e adequado da sua graça e poder, como resultado do novo nascimento e da operação do ESPÍRITO SANTO em nós.
 
 
A REGENERAÇÃO - BEP - CPAD
Jo 3.3: “JESUS respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de DEUS.”

Em 3.1-8, JESUS trata de uma das doutrinas fundamentais da fé cristã: a regeneração (Tt 3.5), ou o nascimento espiritual. Sem o novo nascimento, ninguém poderá ver o reino de DEUS, i.e., receber a vida eterna e a salvação mediante JESUS CRISTO. Apresentamos a seguir, importantes fatos a respeito do novo nascimento.
(1) A regeneração é a nova criação e transformação da pessoa (Rm 12.2; Ef 4.23,24), efetuadas por DEUS e o ESPÍRITO SANTO (3.6; Tt 3.5). Por esta operação, a vida eterna da parte do próprio DEUS é outorgada ao crente (3.16; 2Pe 1.4; 1Jo 5.11), e este se torna um filho de DEUS (1.12; Rm 8.16,17; Gl 3.26) e uma nova criatura (2Co 5.17; Cl 3.10). Já não se conforma com este mundo (Rm 12.2), mas é criado segundo DEUS “em verdadeira justiça e santidade” (Ef 4.24).
(2) A regeneração é necessária porque, à parte de CRISTO, todo ser humano, pela sua natureza inerente e pecadora, é incapaz de obedecer a DEUS e de agradar-lhe (Sl 51.5; 58.3; Rm 8.7,8; 5.12; 1Co 2.14).
(3) A regeneração tem lugar naquele que se arrepende dos seus pecados, volta-se para DEUS (Mt 3.2) e coloca a sua fé pessoal em JESUS CRISTO como seu Senhor e Salvador (ver 1.12).
(4) A regeneração envolve a mudança da velha vida de pecado em uma nova vida de obediência a JESUS CRISTO (2Co 5.17; Ef 4.23,24; Cl 3.10). Aquele que realmente nasceu de novo está liberto da escravidão do pecado (ver 8.36; Rm 6.14-23), e passa a ter desejo e disposição espiritual de obedecer a DEUS e de seguir a direção do ESPÍRITO (Rm 8.13,14). Vive uma vida de retidão (1Jo 2.29), ama aos demais crentes (1Jo 4.7), evita uma vida de pecado (1Jo 3.9; 5.18) e não ama o mundo ( 1Jo 2.15,16).
(5) Quem é nascido de DEUS não pode fazer do pecado uma prática habitual na sua vida (ver 1Jo 3.9). Não é possível permanecer nascido de novo sem o desejo sincero e o esforço vitorioso de agradar a DEUS e de evitar o mal (1Jo 2.3-11, 15-17, 24-29; 3.6-24; 4.7,8, 20; 5.1), mediante uma comunhão profunda com CRISTO (ver 15.4) e a dependência do ESPÍRITO SANTO (Rm 8.2-14).
(6) Aqueles que continuam vivendo na imoralidade e nos caminhos pecaminosos do mundo, seja qual for a religião que professam, demonstram que ainda não nasceram de novo (1Jo 3.6,7).
(7) Assim como uma pessoa nasce do ESPÍRITO ao receber a vida de DEUS, também pode extinguir essa vida ao enveredar pelo mal e viver em iniqüidade. As Escrituras afirmam: “se viverdes segundo a carne, morrereis” (Rm 8.13). Ver também Gl 5.19-21, atentando para a expressão “como já antes vos disse” (v. 21).
(8) O novo nascimento não pode ser equiparado ao nascimento físico, pois o relacionamento entre DEUS e o salvo é questão do espírito e não da carne (3.6).
Logo, embora a ligação física entre um pai e um filho nunca possa ser desfeita, o relacionamento de pai para filho, que DEUS quer manter conosco, é voluntário e dissolúvel durante nosso período probatório na terra (ver Rm 8.13). Nosso relacionamento com DEUS é condicionado pela nossa fé em CRISTO durante nossa vida terrena; fé esta demonstrada numa vida de obediência e amor sinceros (Hb 5.9; 2Tm 2.12).
 

 
A REGENERAÇÃO DOS DISCÍPULOS - BEP - CPAD
Jo 20.22 “E, havendo dito isso, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o ESPÍRITO SANTO.”

A outorga do ESPÍRITO SANTO por JESUS aos seus discípulos no dia da ressurreição não foi o batismo no ESPÍRITO SANTO como ocorreu no dia de Pentecoste (At 1.5; 2.4 - Ver A regeneração do discípulos). Era, realmente, a primeira vez que a presença regeneradora do ESPÍRITO SANTO e a nova vida do CRISTO ressurreto saturavam e permeavam os discípulos.
(1) Durante a última reunião de JESUS com seus discípulos, antes da sua paixão e crucificação, Ele lhes prometeu que receberiam o ESPÍRITO SANTO, como aquele que os regeneraria: “habita convosco, e estará em vós” (14.17 veja). JESUS agora cumpre aquela promessa.
(2) Da frase, “assoprou sobre eles”, em 20.22, infere-se que se trata da sua regeneração. A palavra grega traduzida por “soprou” (emphusao) é o mesmo verbo usado na Septuaginta (a tradução grega do AT) em Gn 2.7, onde DEUS “soprou em seus narizes [de Adão] o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente”. É o mesmo verbo que se acha em Ez 37.9: “Assopra sobre estes mortos, para que vivam”. O uso que João faz deste verbo neste versículo indica que JESUS estava lhes outorgando o ESPÍRITO a fim de neles produzir nova vida e nova criação. Isto é, assim como DEUS soprou para dentro do homem físico o fôlego da vida, e o homem se tornou uma nova criatura (Gn 2.7), assim também, agora, JESUS soprou espiritualmente sobre os discípulos, e eles se tornaram novas criaturas (ver o estudo A REGENERAÇÃO). Mediante sua ressurreição, JESUS tornou-se em “espírito vivificante” (1Co 15.45).
(3) O imperativo “Recebei o ESPÍRITO SANTO” estabelece o fato que o ESPÍRITO, naquele momento histórico, entrou de maneira inédita nos discípulos, para neles habitar. A forma verbal de “receber” está no aoristo imperativo (gr. lebete, do verbo lambano), que denota um ato único de recebimento. Este “recebimento”  da vida pelo ESPÍRITO SANTO antecede a outorga da autoridade de JESUS para eles (Jo 20.23), bem como do batismo no ESPÍRITO SANTO, pouco depois, no dia de Pentecoste (At 2.4).
(4) Antes dessa ocasião, os discípulos eram verdadeiros crentes em CRISTO, e seus seguidores, segundo os preceitos do antigo concerto. Porém, eles não eram plenamente regenerados no sentido da nova aliança. A partir de então os discípulos passaram a participar dos benefícios do novo concerto baseado na morte e ressurreição de JESUS (ver Mt 26.28; Lc 22.20; 1Co 11.25; Ef 2.15,16; Hb 9.15-17; ver o estudo A REGENERAÇÃO). Foi, também, nessa ocasião, e não no Pentecoste, que a igreja nasceu, i.e., uma nova ordem espiritual, assim como no princípio DEUS soprou sobre o homem até então inerte para de fato torná-lo criatura vivente na ordem material (Gn 2.7).
(5) Este trecho é essencial para a compreensão do ministério do ESPÍRITO SANTO entre o povo de DEUS: (a) os discípulos receberam o ESPÍRITO SANTO (i.e., o ESPÍRITO SANTO passou a habitar neles e os regenerou) antes do dia de Pentecoste; e (b) o derramamento do ESPÍRITO SANTO em At 2.4. Isto seguiu-se à primeira experiência. O batismo no ESPÍRITO no dia do Pentecoste foi, portanto, uma segunda e distinta obra do ESPÍRITO neles.
(6) Estas duas obras distintas do ESPÍRITO SANTO na vida dos discípulos de JESUS são normativas para todo cristão. Isto é, todos os autênticos crentes recebem o ESPÍRITO SANTO ao serem regenerados, e a seguir precisam experimentar o batismo no ESPÍRITO SANTO para receberem poder para serem suas testemunhas (At 1.5,8; 2.4; ver 2.39).
(7) Não há qualquer fundamento bíblico para se dizer que a outorga por JESUS do ESPÍRITO SANTO em 20.22 era tão somente uma profecia simbólica da vinda do ESPÍRITO SANTO no Pentecoste. O uso do aoristo imperativo para “receber” (ver supra) denota o recebimento naquele momento e naquele lugar.
 
 
PALAVRAS CHAVE - Novo Nascimento - Transformação interior opera­da pelo ESPÍRITO SANTO na vida daquele que crê em JESUS Cris­to e o aceita como Salvador.
 
OBJETIVOS
Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Compreender que pela fé em CRISTO nos tornamos novas criaturas.
Conscientizar-se de que em JESUS tudo se faz novo, o passado fica para trás.
Saber que quando estamos em CRISTO temos um novo olhar, uma nova atitude e uma vida abençoada.
 
ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA
Professor, reproduza no quadro-de-giz o esquema abaixo. Depois, pergunte aos alunos: "O que é o novo nascimento?" Ouça as respostas e explique, utilizando o quadro, o que é nascer de novo. Enfatize que sem o novo nascimento ninguém poderá participar do Reino de DEUS. Leia com a turma as referências bíblicas.
 
 
 
RESUMO DA LIÇÃO 3 - A VIDA DO NOVO CONVERTIDO
I. O NOVO CONVERTIDO É UMA NOVA CRIATURA
1. Uma nova criação.
2. Transformação radical.
3. Uma nova dimensão de vida.
II. O PASSADO SE FOI E EIS QUE TUDO É NOVO
1. O passado ficou para trás.
2. "Eis que tudo se fez novo".
3. É tempo de avançar.
III. QUANDO ESTAMOS EM CRISTO
1. Temos um novo olhar.
2. Temos uma nova atitude.
3. Temos uma nova vida abençoada.
 
SINOPSE DO TÓPICO (1)
Nascer de novo é sofrer uma transformação radical de vida, co­meçando pelo interior, abrangendo todo o coração, desejo e vontade.
SINOPSE DO TÓPICO (2)
Em CRISTO o nosso passado de transgressão e desobediência fica para trás.
SINOPSE DO TÓPICO (3)
Quando estamos em CRISTO temos um novo olhar, novas atitudes e uma vida abençoada.
 
VOCABULÁRIO
Doravante: De agora em diante, para o futuro.
 
BIBLIOGRAFIA SUGERIDA
ZUCK, Roy B. Teologia do Novo Testamento. I. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008. Comentário do Novo Testa mento Aplicação Pessoal. I. ed. Vol. I. Rio de Janeiro: CPAD, 2009.
 
 
QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 3 - A VIDA DO NOVO CONVERTIDO
RESPONDA CONFORME A REVISTA DA CPAD DO 3º TRIMESTRE DE 2011
Complete os espaços vazios e marque com "V" as respostas corretas e com "F" as falsas.
 
 
TEXTO ÁUREO
1- Complete:
"Assim que, se alguém está em _____________________, nova _____________________ é: as coisas ______________________ já passaram; eis que tudo se fez novo" (2 Co 5.17).
 
VERDADE PRÁTICA
2- Complete:
Mediante o novo _____________________________, mantemos _____________________________ comunhão com DEUS, reconhecendo o seu __________________________ em todas as esferas de nossa vida
 
INTRODUÇÃO
3- Complete:
A mudança de __________________________ do homem, outrora sem DEUS, em um novo homem à _________________________ de CRISTO, é a comprovação _____________________________ da nova vida em CRISTO JESUS.
 
I. O NOVO CONVERTIDO É UMA NOVA CRIATURA
4- O que significa no texto bíblico de 2 Co 5.17 não dizer "será", mas, sim, "é" (nova criatura).
(    ) Isto significa que o novo convertido teve uma mudança vagarosa.
(    ) Isto significa que o novo convertido sofreu uma mudança radical de vida.
(    ) Agora, ele tem outro coração; outra mente — a de CRISTO; outro pensamento (Fp 4.8); outro alvo- CRISTO JESUS.
 
5- Complete:
Quando pela ___________________, aceitamos o sacrifício de CRISTO, damos o primeiro passo na vida cristã e imediatamente inicia-se um processo de _________________________________, em nosso interior, para experimentarmos "a boa, agradável e __________________________ vontade de DEUS".
 
6- Como se dá a transformação radical do crente, recém-nascido de novo?
(    ) Ser uma nova criatura em DEUS não implica numa mera reforma exterior.
(    ) Apesar de o cristão ser distinto do mundo em sua maneira de ser e de agir, sua nova vida não está assentada apenas em regras comportamentais, sociais e religiosas.
(    ) Sua nova vida está assentada na pedra de esquina que é CRISTO JESUS, nosso Senhor e Rei.
(    ) O novo convertido é obrigado pelo estatuto da igreja a ser diferente, por isso sua aparência é diferente.
(    ) Na verdade, aquele que "nasce de novo" sofre uma transformação radical de vida, começando pelo seu interior, abrangendo todo seu coração, desejo e vontade (At 2.37; Rm 5.5; 2 Co 7.2).
(    ) Tal transformação é refletida nas esferas espiritual e social da vida do novo convertido.
 
7- Como devemos agir para causarmos um impacto singular na sociedade na qual estamos inseridos, levando-a a transformar-se pelo poder do Evangelho de CRISTO?
(    ) Devemos andar despreocupadamente, pois nada temos que temer e nenhuma luta temos que lutar.
(    ) "Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, justa e piamente".
(    ) Devemos lutar diariamente em um mundo marcado pela impiedade.
(    ) DEUS nos convida a cultivar uma vida de sobriedade (bom senso), justiça (retidão) e piedade (espiritualidade) "neste presente século".
 
II. O PASSADO SE FOI E EIS QUE TUDO É NOVO
8- Como é o passado para aquele que nasceu de novo?
(    ) Ficou para trás.
(    ) Quando alguém confessa seus pecados e os abandona é sinal de que foi regenerado, alcançando plenamente, no Senhor, a cura de sua alma.
(    ) O que era impróprio, indigno e pecaminoso é sepultado e para sempre esquecido.
(    ) Eis o que nos garante o próprio Senhor: "Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei".
(    ) De fato, "as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo".
(    ) Só uma coisa do passado pode nos perturbar, o pecado que não foi perdoado.
(    ) Esqueça, pois, o que ficou para trás.
(    ) Viva, doravante, em novidade de vida com a bênção de DEUS e na consolação do ESPÍRITO SANTO.
 
9- O que quer dizer a expressão "Eis que tudo se fez novo"?
(    ) Esta é uma expressão abrangente e profunda. Tudo o que DEUS faz é perfeito e bom. Por isso, a nossa vida é sempre renovada.
(    ) Podemos desfrutar diariamente da presença de DEUS, pois as suas misericórdias são novas a cada manhã (Lm 3.23) e a sua graça nos basta.
(    ) Quer dizer que tudo o que conhecíamos e sabíamos antes perdeu seu valor, agora tudo será novo para nós.
(    ) O Senhor não nos deixa nem nos desampara. Ele nos toma pela "mão direita" e diz: "Não temas que eu te ajudo".
 
10- Complete segundo o tempo de avançar:
Confessa Paulo aos Filipenses: "Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e ______________________________ para as que diante de mim estão" (Fp 3.13). O passado ficou para trás; tudo agora se fez novo. Louvado seja DEUS! Avancemos, "olhando para _________________________, o autor e consumador da fé" (Hb 12.2). Enquanto o apóstolo Pedro _____________________ para o Senhor, caminhava por sobre águas. Porém, ao desviar os seus olhos de CRISTO, começou a ser envolvido pelas ondas daquelas águas (Mt 14.22-33). Portanto, avancemos para grandes _______________________________ em DEUS, olhando somente para CRISTO, a nossa eterna e sublime esperança (Cl 1.27; 1 Tm 1.1).
 
III. QUANDO ESTAMOS EM CRISTO
11- Complete segundo nosso novo olhar:
A fé em JESUS CRISTO muda o nosso ___________________________, abrindo-nos novos horizontes e perspectivas. Já não atentamos mais aos nossos _________________________, mas para os de DEUS, porque pertencemos única e exclusivamente ao Pai: "Estou __crucificado__ com CRISTO" (Cl 2.20). E doravante a nossa a _____________________ não é mais contra a "carne e sangue", mas contra os "principados" e "potestades" nos "lugares celestiais" (Ef 6.12). Este deve ser o nosso alvo: um amoroso serviço em prol do _______________________ de DEUS (Mc 12.31; Rm 14.1; 1 Co 12.4-7).
 
12- Como é nossa nova atitude?
(    ) Ainda estamos presos aos pecados do passado, mas vivemos bem melhor.
(    ) Quando CRISTO torna-se o centro de nossas vidas, nossas atitudes passam a ser pautadas segundo a Palavra de DEUS.
(    ) Em vez de contenda, confusão ou gritaria (Ef 4.31), buscamos a paz de DEUS, a direção do Senhor e o refrigério do ESPÍRITO SANTO para conduzir-nos por um novo e vivo caminho.
 
13- Como é nossa nova vida abençoada?
(    ) A verdadeira felicidade consiste em viver de acordo com os princípios eternos do Reino de DEUS.
(    ) Não há felicidade sem CRISTO!
(    ) Em JESUS, o Pai concede-nos bênçãos especiais: a vida, a luz, a liberdade, o amor, a alegria, o perdão, a paz, o propósito de vida, a provisão, o futuro com CRISTO.
(    ) Testemunhemos, pois, de JESUS CRISTO até aos confins da terra.
(    ) Somos mais que vencedores e somos libertos de toda e qualquer regra social.
 
CONCLUSÃO
14- Complete:
A verdadeira alegria é o resultado do novo _________________________. Muitos buscam ser felizes pela aquisição de bens _____________________, mas a real felicidade é o resultado de uma mudança ___________________________ em nosso ser. Esta mudança é perfeitamente possível. Basta crer e permitir que o Senhor JESUS o faça. Deixe o seu passado para ___________________________ e avance para o alvo que é _____________________, o autor e consumador de nossa fé.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário